Rede dos Conselhos de Medicina
Presidente do CRM-AC recebe novo diretor de assistência da Secretaria Estadual de saúde para fortalecer parceria
Qua, 27 de Janeiro de 2021 18:25

reuniao-novo-diretorsesacre

A presidente do Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC), Dra. Leuda Dávalos, recebeu nesta quarta-feira (27) o novo diretor de assistência da Secretaria Estadual de Saúde, Cristiano Nascimento de Souza, para fortalecer a parceria e falar sobre a resolução de problemas constatados durante as fiscalizações feitas pelo CRM nas unidades de saúde do Estado.

Como assumiu recentemente a direção, Souza fez questão de ouvir da presidente sobre como é feito o trabalho do CRM e informou que uma pessoa de sua equipe vai ficar responsável por analisar todos os relatórios enviados pelo conselho à Sesacre a respeito das fiscalizações e dar os devidos encaminhamentos.

"É importante buscar trabalhar em parceira com CRM. Os relatórios que o Conselho faz das unidades são muito importantes para nós, porque são com olhares técnicos. A resolução do problema pode ser tornar mais rápida e, assim, tornar melhorar a qualidade do serviço e da estrutura da saúde do Estado. Agradeço o convite da Dra. Leuda, e me coloco à disposição para podermos sempre estar em sintonia, buscando melhorias em prol da população do estado do Acre", disse o novo diretor.

A presidente também falou sobre a importância desse tipo de parceria, uma vez que muitas das constatações de irregularidades encontradas nas fiscalizações que são encaminhadas por meio de relatórios à Sesacre acabam ficando sem resposta.

A doutora reafirmou ainda que o Conselho está e sempre esteve à disposição para contribuir e auxiliar a gestão nesse trabalho, com o que for possível dentro de suas atribuições, já que os resultados refletem na melhoria do serviço de saúde ofertado à população acreana e também em melhores condições de trabalho aos profissionais.

“Foi uma conversa muito produtiva, fiquei feliz em ver que a disposição do novo diretor e, com certeza, esse tipo de atitude só traz bons frutos. Nós tínhamos muitas dificuldades de receber respostas da Sesacre com relação aos relatórios que encaminhávamos das fiscalizações e saber que agora vai ter uma pessoa responsável por analisar esses documentos nos dá a esperança de que os problemas realmente vão ser estudados e resolvidos. Sem dúvida, vai melhorar os serviços ofertados à população e as condições de trabalho dos nossos colegas médicos e demais profissionais. Além de trazer um estimulo maior aos conselheiros que trabalham ao longo do ano nas fiscalizações, identificando os problemas nas unidades e, muitas vezes, não recebíamos um retorno por parte da Secretaria”, afirmou a presidente.

Na oportunidade, a Dra. Leuda falou sobre a situação da unidade de saúde de Brasileia, que precisa da atenção da Sesacre por conta do alto número de internações de pacientes com Covid-19, e cobrou a resolução dos problemas do hospital Xapuri, que entre várias irregularidades constatadas na última fiscalização, sofre com a questão do déficit médico. Sobre Xapuri, o diretor informou que já foram contratados novos médicos para a cidade.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner