Rede dos Conselhos de Medicina
CRM participa da eleição para Diretor Clínico e Comissão de Ética da Policlínica Tucumã em Rio Branco
Qua, 16 de Setembro de 2020 21:37

eleicao-policlinica1

A presidente do Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC), Dra. Leuda Dávalos, participou nesta quarta-feira (16) da eleição para escolha do Diretor Clínico e Comissão de Ética Médica da Policlínica Tucumã, em Rio branco. A votação ocorreu das 8h às 16h.

Como diretora clínica foi eleita a médica de família e comunidade, doutora Valéria da Silva Aguiar, e o vice-diretor clínico também um médico de família, doutor Isnard Bastos Barbosa Leite Filho. Já a Comissão Ética é formada pelos médicos Luís Fernando Borja Gomez, Samara Maria Messias da Silva e George Umeoka.

A presidente do CRM destacou que a unidade já tem como diretora técnica uma médica de família, que é a doutora Daniela Neves Fernandes, e afirmou que além de ser uma conquista para os médicos por estarem voltando a assumir seus espaços dentro das unidades de saúde do Estado, hoje a medicina de família também teve uma conquista importante por ter três representantes em uma unidade como a Policlínica.

A Policlínica do Tucumã possui 22 médicos em seu corpo clínico e atende a diversas especialidades médicas, sendo que o carro chefe é a medicina de família. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

É uma unidade de atendimento ambulatorial especializada. Além de medicina de família, a unidade conta com pediatria, ginecologia, endocrinologia, gastrologia e reumatologia e médico clínico geral. Para ter acesso ao atendimento, a população pode marcar consulta pelo telefone 3229-5982, já tendo o encaminhamento médico para o caso de atendimento com especialista, ou também via regulação. O gerente geral da unidade, João Paulo Silva, falou da importância da escolha da diretoria clínica.

eleicao-policlinica2

“Na realidade, a importância da direção clínica é legitimar e fortalecer a gestão da unidade, juntamente à categoria médica, trazendo de fato a discussão técnica para dentro da unidade, levando em consideração a própria legislação do Conselho Federal de Medicina. Esse é o aspecto mais importante para nós como gestores, é nós termos uma direção clínica para validar nossas ações e gestão no que diz respeito ao serviço médico e à população de forma geral, porque o médico nesse papel de diretor clínico vai ter esse olhar transversal”, disse o gerente.

Médica de família e comunidade há quatro anos e atuando na Policlínica do Tucumã há mais de dois anos, a doutora Valéria da Silva Aguiar se diz otimista com a nova missão. “Eu tinha vontade de contribuir um pouco mais com minha unidade, na questão de ser mais próximo do corpo médico, de ajudar mais, de servir como uma ponte realmente entre a unidade, a gestão e o CRM. Então, percebi que eu podia fazer bem mais pela unidade onde estava trabalhando e estou disposta a dar meu melhor para essa nova missão. Vamos tentar fazer o melhor para todos”, afirmou.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner