Rede dos Conselhos de Medicina
Diretoria do CRM-AC se reúne com empresa responsável pela administração do INTO para tratar sobre irregularidades
Sex, 03 de Julho de 2020 19:20

Reunião ocorreu nesta sexta-feira (3)

A diretoria do Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) se reuniu, nesta sexta-feira (3), com os responsáveis pela empresa Mediall, que administra o Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), uma das unidades referência no atendimento de pacientes com Covid-19 no Estado, para tratar sobre as irregularidades no registro da própria empresa e de médicos que vieram de outros estados a serviço da empresa.

Durante a reunião, o responsável técnico da Mediall fez os esclarecimentos a respeito das atribuições contratuais com o Estado do Acre e respondeu os questionamentos levantados pelos diretores do CRM com relação ao atendimento de pacientes e das responsabilidades técnicas e médicas.

No último dia 29 de junho, o CRM chegou a ingressar com uma ação contra a Mediall após diversas tentativas por meio de diálogo para que se regularizassem no Conselho.

A empresa firmou contrato com a Secretaria Estadual de Saúde de forma emergencial para prestação de serviços de gerenciamento técnico, administrativo e fornecimento de mão de obra especializada, recursos materiais, insumos e medicamentos necessários para o funcionamento de 20 leitos críticos adulto, 40 leitos semicríticos adulto e pronto socorro, com 7.200 atendimentos/mês de pacientes com Covid-19 no INTO.

Na ação, o Conselho destacou sua função de órgão supervisor da ética profissional em todo Estado e ao mesmo tempo, julgador e disciplinador da classe médica. E ressaltou que, até então, a empresa não estava inscrita no CRM e também vinha contratando e permitindo a atuação de médicos sem inscrição no CRM-AC, portanto, permitindo o exercício ilegal, o que é proibido.

Após os esclarecimentos por parte da Mediall na reunião desta manhã e também pelo fato de, ao longo desta semana, a empresa e os médicos que atuam na unidade terem dado entrada na documentação necessária para regularização junto ao Conselho de Classe, foi proposto um acordo pela assessoria jurídica do CRM para encerrar o processo judicial.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner