Rede dos Conselhos de Medicina
COVID-19: Entidades médicas entregam documento a secretário de Saúde que pede atenção especial à segurança no trabalho e resguardo da saúde de médicos e equipes de atendimento à pandemia
Qui, 19 de Março de 2020 19:50

Entrega ocorreu nesta quinta-feira (19)

Em mais um encontro com o secretário de Estado de Saúde do Acre, Alysson Bestene, o Conselho Regional de Medicina do Estado do Acre (CRM-AC), juntamente com outras entidades médicas, entregou nesta quinta-feira (19) um documento com recomendações aos gestores do estado. A carta solicita uma atenção especial à saúde de médicos e demais profissionais que estão atuando diretamente no atendimento de casos suspeitos do novo coronavírus, além de ações para garantia do atendimento adequado à população.

O documento foi elaborado durante reunião, na quarta-feira (18), por representantes do CRM, da Associação Médica do Acre, Sindicato dos Médicos do Acre e da Academia Acreana de Medicina.

CONFIRA O DOCUMENTO COMPLETO

“Gostaria de agradecer mais uma vez a disponibilidade do secretário em participar dessa reunião e de ouvir a classe médica nesse momento. Como já foi dito anteriormente, nosso intuito é buscar garantir a segurança dos profissionais em saúde que estão na linha de frente do enfrentamento dessa pandemia. Queremos também agradecer a todos os médicos pelo trabalho que vem sendo desenvolvido e dizer que estamos juntos nessa batalha”, disse a presidente.

Entre as recomendações entregues ao secretário está a que os profissionais de saúde na rede pública quando em atendimento a pacientes sintomáticos tenham assegurados os equipamentos de proteção individual (EPI), compostos, minimamente, de máscaras de proteção N95, luvas, óculos e avental descartável.

Foi solicitado ainda que seja simplificado o trâmite administrativo para afastamento de médicos e outros profissionais de saúde que estiverem retornando ao Estado do Acre para que fiquem em isolamento doméstico por, no mínimo, sete dias.

Entidades médicas entregam documento a secretário de Saúde

As entidades requisitaram a participação para compor as comissões e espaços de discussão de medidas governamentais de modo a assessorar o manejo técnico e científico nas questões referentes à epidemia. E que o Plano de Contingenciamento para a COVID-19 no estado tenha participação das entidades médicas já que existe a necessidade de melhor debate quanto aos fluxos de atendimento e trabalho.

Tal reivindicação foi prontamente atendida pelo Secretário de Saúde. Após a reunião com o secretário, ficou acordado que cada entidade médica participará do Comitê de Gerenciamento de Crise da Saúde para auxiliar nas questões técnicas do avanço da pandemia.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner