Rede dos Conselhos de Medicina
CRM sedia reunião de entidades médicas para elaboração de recomendações acerca da COVID-19
Qua, 18 de Março de 2020 22:50

Reunião ocorreu nesta quarta (18)

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Acre (CRM-AC) sediou uma reunião das entidades médicas, nesta quarta-feira (18), para elaboração de documento com recomendações aos médicos, acadêmicos de Medicina e aos gestores para a contenção da COVID-19. A carta deve ser entregue ao governo do estado nesta quinta (19).

Além da diretoria do CRM, estiveram presentes no encontro representantes do Sindicato dos Médicos do Acre, da Associação Médica do Acre, da Academia Acreana de Medicina e a direção da Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre). Na oportunidade, a presidente do Conselho, doutora Leuda Dávalos, falou da importância da união da classe médica para a tomada de decisões com relação às medidas que precisam ser adotadas para o enfrentamento da pandemia.

O Acre tem três casos confirmados de coronavirus. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) na terça-feira (17). O boletim divulgado no final da tarde desta quarta afirma que não houve a confirmação de mais casos da doença nas últimas 24h e que 55 exames aguardam resultados.

"É muito importante discutirmos as medidas que devem ser adotadas e os cuidados essenciais para a garantia da saúde dos profissionais em saúde e dos pacientes. Momentos difíceis como esse pedem a união e nós queremos mostrar aos nossos colegas médicos e equipes de atendimento que eles não estão sozinhos", afirmou a doutora Leuda Dávalos.

A presidente lembrou ainda que na segunda-feira (16), a diretoria do CRM esteve reunida com o secretário de saúde, Alysson Bestene e com a secretária adjunta, Paula Mariano, para tratar sobre como o estado está preparado para atuar diante dessa pandemia. Na data, o Conselho comentou a respeito das fiscalizações solicitadas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para a elaboração de um relatório geral da situação das unidades de saúde no Acre.

"Nós estamos com uma série de ações para buscar controlar o avanço da epidemia de COVID-19 e minimizar os danos à sociedade. Inclusive iniciamos as fiscalizações das unidades e vamos seguir acompanhando e orientando da melhor forma possível", concluiu a presidente.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner