Rede dos Conselhos de Medicina
Conselho Regional de Medicina do Acre homenageia médicas pelo Dia Internacional da Mulher
Dom, 08 de Março de 2020 14:54

No Dia Internacional da Mulher, neste domingo (8), o Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC), por meio de seus conselheiros, expressa sua gratidão às mulheres que dedicam suas vidas ao atendimento dos pacientes, muitas vezes dividindo suas rotinas profissionais com outras tarefas, como seus compromissos familiares e outros projetos. Para a presidente do Conselho, doutora Leuda Dávalos, é sempre dia de ressaltar a importância das mulheres para a profissão e para a sociedade.

“Sabemos que ser mulher é ser parte de uma história de muita dedicação, luta, garra, superação e conquistas e, por isso, todos os dias elas merecem toda admiração e reconhecimento. Elas são, ao mesmo tempo, profissionais, mães, esposas, companheiras, filhas, avós e tantas outras personagens importantes. No caso das médicas, usam sua sensibilidade natural como instrumento para exercer com competência e brilhantismo sua missão na luta pela vida e saúde da população. Nosso desejo é que elas continuem firmes na luta por uma sociedade mais justa e igualitária”, disse a presidente, Leuda Dávalos.

No cenário atual, a participação da mulher no universo da população médica no estado do Acre ainda é menor que a masculina. Do total de 1.074 médicos ativos no estado, as mulheres representam um percentual de pouco mais de 40%, chegando a 434 profissionais. Contudo, de acordo com a tendência observada pelo estudo Demografia Médica 2018, há uma tendência de feminização da medicina no Brasil.

“Apesar de ainda termos uma representatividade menor na área, vimos com alegria essa crescente atuação das mulheres na medicina. No ano passado tivemos a grata realização de, pela primeira vez, ter uma representante dos médicos do Acre na diretoria do Conselho Federal de Medicina. A conselheira Dilza Ambros é secretária-geral do CFM e nos orgulha demais em levar a força da mulher e também de nosso estado para discussões a nível nacional. Por isso, hoje, gostaria de parabenizá-la pelo Dia da Mulher e também todas as conselheiras e demais mulheres”, destacou a presidente.

Sobre o prazer de exercer a profissão e se dedicar há mais de 20 anos à esfera Conselhal, a conselheira federal e secretária-geral do CFM, Dilza Ambros, disse que todos os esforços valeram a pena e que se sente uma médica, mãe, esposa, avó e mulher realizada.

“Quero parabenizar a todas as mulheres, em especial as médicas por esse dia Internacional da Mulher. Assim como muitas mulheres, na minha trajetória, sempre procurei me dedicar muito à profissão, à minha família e filhos e considero que tive uma carreira brilhante, pois sempre fui muito disciplinada e sempre tive muito amor à minha profissão, me dediquei dia e noite com muito carinho, paciência, tolerância e considero que tenho conseguido fazer um bom trabalho. Gostaria de dizer a todas que têm seus sonhos, que acreditem e corram atrás, porque tudo é possível e vale muito a pena quando se faz com amor”, finalizou a conselheira, Dilza Ambros.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner